A Pedagogia Waldorf

A Pedagogia Waldorf

“Não há, basicamente, em nenhum nível, uma educação que não seja a autoeducação. ”

Rudolf Steiner

 

Criada em 1919, na Alemanha, a Pedagogia Waldorf é um modelo de educação que tem como objetivo a formação de homens livres e conscientes de sua individualidade. Esta pedagogia é a prática dos fundamentos teóricos da Antroposofia, um campo do conhecimento criado pelo filósofo austríaco Rudolf Steiner.

Aqui a educação não se restringe a transmissão de conhecimentos. Trata-se da sustentação do desenvolvimento integral do aluno. A meta é a formação da vontade aliada ao cultivo da sensibilidade e do intelecto. Por isso, a Pedagogia Waldorf organiza os conteúdos curriculares no tempo e no ritmo adequados às fases de desenvolvimento de cada indivíduo. O objetivo é estabelecer uma relação harmônica entre características pessoais, maturidade e aprendizagem. Pois, visa atender aos pressupostos essenciais que norteiam a proposta educacional voltada para o século XXI.

 

Leia mais:

http://www.antroposofy.com.br/forum/a-pedagogia-waldorf/

Corpo Pedagógico

Corpo Pedagógico

O corpo pedagógico da Escola Grão Saber é formado por uma equipe de educadores comprometidos com o estudo semanal da Antroposofia como pilar principal da autoeducação, e que, coletivamente, aprimoram suas habilidades artísticas num sólido processo de formação continuada, engajado com os princípios de uma educação Waldorf voltada para o tempo e espaço em que vivemos.  Cada professor de classe acompanha sua turma durante todos os anos do ensino fundamental, seu foco está em possibilitar aos indivíduos a ele confiados a chance de se desenvolverem num ambiente saudável, onde todos os conteúdos e vivências foram pensados respeitando a fase de desenvolvimento da criança, o que só pode ser realizado com o professor acompanhando a turma a cada mudança de ano. Mas aqui o professor Waldorf não trabalha sozinho, pois o planejamento das aulas é fruto da constante troca de experiências com o colegiado cuja principal fonte de pesquisa começa com um olhar atento e amoroso para cada indivíduo que frequenta a escola. Contando com uma equipe de profissionais para amparar o trabalho pedagógico tanto do professor de classe quanto dos professores de música, trabalhos manuais, educação física, inglês, alemão e artes, o ambiente educacional torna-se mais seguro, mais rico e mais democrático, somando pontos de vista e dividindo as tarefas a fim de trilhar esse caminho de mãos dadas. Esse é o nosso desejo, nosso compromisso e nossa alegria!

Currículo

Currículo

A pedagogia Waldorf no Ensino Fundamental

Dos 7 aos 14 anos, o aluno terá um professor de classe que atua como tutor. Este professor não irá ministrar todas as disciplinas. Mas receberá, todos os dias, seus alunos para a “aula principal”. Este encontro acontece no início da manhã (7h30) e vai até a hora do recreio (9h30). São duas horas diárias que criam laços entre discípulo e mestre. Esta rotina abre espaço para que o conhecimento profundo um do outro nasça e se fortaleça.

De uma relação saudável entre aluno e professor surgem a admiração e o respeito mútuos. Autoridade amada estabelecida, o educador passa a mediar o mundo para a criança. A principal tarefa do mestre nesta época é conduzir os indivíduos da sua turma com graça e leveza da imitação à autonomia, da impressão à expressão e do individual para o social, atuando como um verdadeiro filtro do mundo que o cerca.

Vale ressaltar que o currículo Waldorf de ensino fundamental está alinhado à base nacional curricular. Ou seja, contempla todos os conteúdos de uma escola tradicional. Mas, além das disciplinas obrigatórias, enriquece a experiência da criança com música, trabalhos artísticos, manualidades e brincadeiras corporais. A pedagogia Waldorf é uma pedagogia de vivência. Alinhar mão, cabeça e coração é o objetivo de tanta arte. E para isto, temos algumas diretrizes deixadas por Rudolf Steiner.

Cada criança carrega o universo inteiro, e o universo inteiro carrega cada criança. Por isso, cada turma revela ao seu professor qual a melhor forma de trabalhar os conteúdos propostos. Não são adotados livros didáticos. Os alunos, após se apropriarem do conteúdo, registram em seus cadernos a essência do que foi vivenciado e realmente compreendido. Estes cadernos são verdadeiras obras de arte!

Para saber mais sobe a pedagogia Waldorf clique aqui, ou procure um de nossos professores.

 

1° ano

Língua Portuguesa

A linguagem oral, com exercícios de fala com movimentos rítmicos e gestos, ouvir e recontar contos de fada.
A escrita, com introdução das letras maiúsculas através de frases, palavras e letras; trabalho de cópia e exercícios que conduzem à escrita independente.
Leitura – Leitura em coro do que o aluno escreveu, como estímulo à vontade de ler independentemente.
Gramática – Cultivo da linguagem correta.
Narrativa – Contos de fada.

Matemática – Aritmética

Ler e grafar os números de 1 a 12.
Contar de 1 a 12 em ordem e ordem regressa.
Contar de 1 a 50.
Ler e grafar os números de 13 a 50.
Resolver adições e subtrações em que os números estejam entre 1 e 10.
Resolver adições, subtrações, divisões e multiplicações em que os números empregados sejam entre 1 e 24.
Contar até 100.
Resolver (+ – x) em que os números estejam entre 0 e 100.
Resolver divisões exatas usando números reais.

Ciências Naturais

Despertar a criança para o ambiente. Contos da natureza e observações que tratam do crescimento das plantas, sua relação com a luz, a água e com as estações do ano.

História

O tempo vivido.
Ontem, hoje, amanhã.
O tempo cíclico.
Contos de fada.

Inglês

Ensino oral através de canções, jogos, poemas e pequenas peças.
Ênfase no falar em coro.

Alemão

Versos, canções infantis, cirandas, dramatizações, versos de contar, jogos de dedos, nomes de partes do corpo e cores , objetos da sala de aula, pequenas ordens, histórias, números até 50, versos e rimas de acordo com as estações do ano, contos de fadas.

Artes

Pintura: vivência das cores primárias em diferentes intensidades e contraposições. Transformação da cor.
Desenho: desenho livre, imaginativo ou reprodução, com blocos de cera.
Modelagem: Modelagem com cera e argila. Ensaios em relação com o espaço côncavo e convexo.
Figuras abstratas, curvas. Transformação das formas: simétricas-assimétricas.
Música: apresentar o elemento musical de maneira a torná-lo apropriado a despertar no ser humano a estruturação correta do elemento vocal, tonal, e para ouvir corretamente. Flauta pentatônica, kântele, canto uníssono. Trabalha-se a percepção auditiva. Entonação, afinação no canto em melodias pentatônicas e afinação de 5as. em uníssono. Ritmo da palavra com acento de compasso, com estruturas simples. Desenvolvimento da coordenação musical através de movimentos corporais: andar, bater e outros gestos.

Educação Física

Jogos motores.
Jogos de perseguição.
Fantasia e imaginação e invenções.
Rodas infantis populares com canções rítmicas.
Esquemas posturais básicos.

Euritmia

A reta e a linha curva, e espiral, a leminiscata ( sem cruzamento).
Os movimentos dos braços, que correspondem aos vogais e às consoantes, são integrados nas encenações de contos de fada. Isso intensifica a tendência natural de imitar e de fazer gestos.
Pequenos exercícios pentatônicos, o gesto que corresponde à quinta, também como parte de contos de fada.
Andar, correr, pular, bater com os pés.
Exercícios de habilidade para treinar os gestos mais sutis, principalmente a diferenciação entre direita e esquerda.

Trabalhos Manuais

Os alunos trabalharão com a tosa do carneiro, obtenção da lã, a lavagem da mesma e a experiência de fiar, para em seguida, aprender a tricotar, inicialmente com os dedos, fazendo cachecol e cobrinhas. Na sequência, são inseridas duas agulhas, podendo confeccionar pega-panela, toalhinhas ou manta para boneca, sempre em linha reta e com a mesma quantidade de pontos.

2° ano

Língua Portuguesa

Linguagem Oral –Versos curtos de fábulas falados em coro; dramatização, em coro, de lendas da vida de santos.
Escrita – Letra de forma minúscula; cópia de frases e textos curtos; estímulos ao desenvolvimento da vontade própria para escrever; escrita de palavras e frases curtas dos conteúdos aprendidos. Introdução de letra cursiva ( pode ser introduzida no 3° ano).
Gramática – Exercícios para a percepção da diferença de palavras que expressam objetos e ação; percepção do estilo de entonação de frases afirmativas, exclamativas, interrogativas e negativas.
Narrativa como alimento espiritual – Fábulas e lendas de santos, contos da natureza.

Matemática – Aritmética

Cálculos orais.
Números até 1000.
Tabuadas até 12.
Tabela de Pitágoras.
Representação gráfica das tabuadas.
Inversão de tabuadas.
Divisão com resto.
Resolução oral de problemas da vida cotidiana e prática.
Resolução de problemas práticos múltiplos escritos.

Ciências Naturais

Relação da criança com os reinos da natureza e os seres elementares que correspondem a cada elemento, a partir de lendas e fábulas.
As mudanças de estado da água.
Água potável e não potável.
Medição de tempo: ano, mês, semana, dia, hora.

História

Dia, semana, mês, ano.
As estações do ano.
Lendas de santos.

Inglês

Continua a linha didática do 1° ano, acrescentando-se a memorização de histórias curtas e fábulas.

Alemão

Como no 1° ano, versos e rimas de acordo com as estações do ano, versos de contar, jogos, dramatizações.
A divisão do tempo – ano, as quatro estações, meses, dias da semana, horas.
Tabuada, soma, subtração (cálculo simples), o corpo humano, o vestuário, objetos de uso pessoal.
Lendas, fábulas e história de santos.

Artes

Pintura:  Vivência do encontro das cores primárias. Harmonia de cores.
Desenho: Expressão da imaginação para ilustração dos trabalhos das épocas.
Modelagem: Modelagem em argila ou madeira: animais, relógio etc.
Música: Percussão: Kodaly e Orff. Trabalha-se a entonação definida em uníssono, fluência melódica, firmeza rítmica. Pulso e acento. Estímulo da memória musical. Pergunta e resposta. Altura melódica e coordenação rítmica através de gestos e movimentos. Introdução da Escala Modal. Canto: vivência melódica.

Educação Física

Jogos tradicionais de papéis pré-estabelecidos.
Jogos regrados simples.
Jogos de fábulas.
Estruturação tempo-espacial-viso-motora.

Euritmia

Aprofundar o trabalho do 1° ano.
O círculo e a linha reta. Dois círculos.
Exercícios envolvendo um parceiro, na base do “Eu e Tu”, do “Nós”.
Os mesmos exercícios com música: pequenas danças em 2 círculos, com um parceiro.
Exercícios de habilidade.
Pequenas poesias acompanhando as estações do ano.

Trabalhos Manuais

Levar ao término os trabalhos do primeiro ano escolar. Em seguida aprender a fazer crochê com os dedos das mãos, inicialmente com apenas um fio, ponto corrente. Na sequência, é inserido um segundo fio de outra cor, tornando visível a possibilidade de combinações estéticas e fortalecimento do cordão confeccionado. O produto final pode ser porta panelas, emendando o cordão lateralmente ou um brinquedo. Posteriormente, insere-se a agulha de crochê, com o ponto corrente e ponto baixo, confeccionando uma sacola, tipo mochila ou saquinho.

 

3° ano

Língua Portuguesa

Linguagem Oral – Cultivo do ritmo e da melodia nos textos, do belo na fala, através de conteúdos das matérias de “relação anímica do homem com o mundo” e do Antigo Testamento.
Escrita – Pequenas redações independentes relacionadas às matérias. Cópias com precisão e letras com traços firmes; zelar pela ortografia, a partir do ouvir. Pequenas cartas comerciais.
Leitura – Leitura dos próprios textos; leitura de textos conhecidos e desconhecidos. Livro “A luz do Sol”.
Gramática – As três categorias gramaticais básicas: verbo, substantivo e adjetivo. Obsevação da melodia da frase para a percepção da pontuação gramatical. Sinais de pontuação.
Narração – O Antigo Testamento.

Matemática – Aritmética

Memorizar as tabuadas até a do 12.
Compreender o sistema de numeração decimal.
Interpretar e solucionar situações matemáticas com as quatro operações básicas.
Armar e efetuar cálculos com as quatro operações básicas.
Identificar números pares e ímpares.
Efetuar cálculos mentais com as quatro operações básicas.

Ciências Naturais

Compreender a existência de diferentes tipos de solo e fatores que interferem (clima, sol, chuva, animais).
Conhecer os diferentes tipos de cereais.
Observar e participar ativamente do processo do plantio do grão de trigo até chegar à feitura do pão.
Preparar a terra para o plantio (capinar, lavrar, afofar, adubar).
Fazer a semeadura, observar semanalmente o crescimento do broto até o amadurecimento do trigo.
Realizar a colheita, debulhar o trigo, fazer a farinha e o pão.
Plantar e colher diversos tipos de hortaliças e leguminosas, acompanhando seu desenvolvimento e realizando a manutenção da horta.
Conhecer os diferentes tipos de ambientes e necessidades de sobrevivência dos animais e do homem.
Visitar uma chácara de agricultura orgânica, observar o trabalho do lavrador e suas ferramentas.

História

O tempo histórico.
História da moradia, semeadura, escrita.
Comparação de tempos de vida no presente e no passado.
Vivenciar as Histórias do Antigo Testamento durante todo o ano letivo.

Geografia

Conhecer as profissões primordiais (o lavrador, o pastor, o ferreiro, o oleiro, o carpinteiro, o pescador, o tecelão, o sapateiro, o lutiê) e visitar algumas delas.
Compreender a importância do trabalho do homem no aproveitamento dos recursos naturais em função de suas necessidades.
Compreender a necessidade de inter-relacionamento dos homens no trabalho comunitário e o consequente aparecimento da organização social.
Compreender a maneira como o homem se ocupa do espaço em que vive, como o homem modifica o ambiente em que vive e a existência de variados povos e etnias.
Conhecer os tipos de habitações existentes no mundo a partir dos diferentes ambientes (relevo, clima, vegetação).
Construir uma pequena casa, com o apoio dos pais, participando do processo desde o projeto até a finalização.

Inglês

Sistematização do vocabulário do tempo (estações, meses, dias da semana, partes do dia e horas) e de outras famílias de palavras como animais, roupas, partes do corpo, etc.
Abecedário – atividades orais com os sons do alfabeto.
Jogos, canções, poemas e pequenas peças.

Alemão

Como no 1° e 2° anos, versos canções, jogos e dramatizações servirão de base para a ampliação do universo semântico e gramatical dos alunos.
Números até 1000 – contas simples: soma, subtração, divisão e multiplicação.
A criação do mundo e do homem – elementos da natureza – Mãe Terra – o trigo – o pão.
O homem: as profissões.
Alfabeto.

Artes

Pintura: orientação do espaço (perto, longe, acima, abaixo). Cor em si mesma. Cores primárias. Pares complementares. Quentes e frias.
Desenho: forma e traços mais reais nas ilustrações dos temas das épocas.
Modelagem: em cera e argila, construção de casas. Composições grupais.
Música: Canto em duas vozes / violino / cello / flauta diatônica, doce soprano. Escala Modal e Tonal diatônica. 7 tons: vocalizes simples. Canto a duas vozes e cânones simples. Formas melódicas. Percepção dos tons em alturas e sua relação interválica. 3ª Maior e menor com conteúdo anímico. Acorde da tríade perfeita como acorde. Preparação para a leitura através de jogos auditivos e visuais, caracterizando figuras.

Educação Física

O grupo de jogo.
Ação e dinamismo.
Postura corporal, destreza em ginástica.
Cruzes coordenadas.
Jogos com fantasia.
Ginástica livre.
Ciranda da ginástica Bothmer.

Euritmia

Em complementação à matéria “Profissões artesanais”:
Movimentos rítmicos com música e versos. Vivenciar, brincando, formas geométricas como o triângulo e o quadrilátero. Movimentos baseados num motivo. Reconhecer perguntas e respostas, com pequenos jogos correspondentes (espiral da pergunta e da resposta).
Reconhecimento de gestos relacionados com sons.
Exercitar as vogais.
Exercícios de habilidade e de concentração.
Vivência da terça maior e menor.

Trabalhos Manuais

Tricotar com duas agulhas, agora com redução, aumento de pontos e arremate, sendo o objetivo a confecção de um boneco com membros. A cabeça do boneco será confeccionada pelas mães, a professora unirá a cabeça ao corpo e apresentará o boneco para que a criança o preencha com lã de carneiro.

Local

Local

A Escola Grão Saber fica na Estrada Guilherme Weigert, 265, Santa Cândida, transversal à rua Theodoro Makiolka. Instalada em um terreno de 10 mil m2, sendo 3 mil m2 área de preservação ambiental, o espaço é um verdadeiro refúgio verde dentro da cidade de Curitiba.

A sede da escola tem uma área construída de aproximadamente 300m2. A edificação, que foi residencial por muitos anos, está recebendo todas as adaptações para abrigar as séries iniciais do Ensino Fundamental em 2017.

Anos Letivos

Anos Letivos

Quais séries do Ensino Fundamental a escola vai atender?

As atividades pedagógicas com crianças terão início em fevereiro de 2017. No primeiro ano de funcionamento, a escola oferece vagas para alunos do 1º, 2º e 3º ano do ensino fundamental (clique aqui para saber mais sobre o currículo escolar).

 

Qual valor de investimento para colocar meus filhos na escola?

A Grão Saber é uma escola Waldorf, associativa e colaborativa em construção. Queremos favorecer o envolvimento de todos que queiram fazer esta escola. Colocar seu filho(a) para aprender nesta escola é uma forma de construí-la. Por isto, o valor que você escolhe para aderir mensalmente na Grão Saber é um investimento para a construção e viabilidade deste espaço educativo, associativo e colaborativo.

Trabalhamos com o conceito de coinvestimento: todos são responsáveis pelas despesas de manutenção do espaço, pagamento dos profissionais da escola e dos investimentos futuros (melhorias e crescimento). De forma associativa, você pode também doar para que pessoas que não podem contribuir com o rateio completo das despesas, possam se beneficiar de uma educação singular e transformadora.

No “Portas Abertas” você terá a oportunidade de ver toda a previsão financeira da escola e quanto você poderá investir mensalmente.